Banner Clube Sportivo Capelense

Facebook:

Política de privacidade
Mapa do Site

Campeonato Alagoano de 1965

 

Clubes participantes:

- ALTO CAMARAGIBE Esporte Clube (Matriz de Camaragibe)

- Associação Sportiva Arapiraca - ASA (Arapiraca)

- Centro Sportivo Alagoano - CSA (Maceió)

- Centro Sportivo CAPELENSE (Capela)

- Clube de Regatas Brasil - CRB (Maceió)

- ESTIVADORES Esporte Clube (Maceió)

- GUARANY Futebol Clube (Maceió)

GRANDES DECISÕES

CSA 3x0 Capelense

Campeonato alagoano de 1965. CSA e Capelense disputavam a segunda partida de uma série de melhor de três para decidir quem seria o campeão. O clube azulino havia ganho o primeiro encontro e bastava um empate para conquistar o título.

A partida não chegou a agradar. O próprio CSA não repetiu suas atuações anteriores. Jogou mal e sofreu tremendamente durante o primeiro tempo quando quase era surpreendido por um Capelense lutador e cuidadoso. Foi uma luta difícil, principalmente porque o clube do interior jogava retrancado e explorando os contra ataques. Por isso, o primeiro tempo foi amarrado, monótono e com poucos lances de emoção. Entretanto, a sorte que protege os campeões estava do lado do CSA. Num lance praticamente sem querer, Tonho Lima marcou o primeiro gol da partida. O atacante azulino tentou fazer um lançamento para Arcanjo, a bola pegou mal e terminou enganando o goleiro Capitão.

No segundo tempo, o Capelense fez entrar Bodega no lugar de Paulo. O time melhorou nas ações ofensivas, já que o novo jogador passou a fazer lançamentos para Carol e Wailton que exploravam a fragilidade do zagueiro Chico. Sentindo que o Capelense poderia chegar ao empate, Roberto Mendes procurou corrigir certos defeitos de sua equipe, aproveitando os piques do ponteiro Canhoteiro que aos poucos foi dominando inteiramente o lateral Massangana. A partir dos vinte e cinco minutos o CSA passou de dominado a dominador. O tempo corria e nada do segundo gol. Somente aos trinta e oito minutos é que Arcanjo se aproveitou de um lançamento de Tonho Lima e ampliou o marcador. O terceiro gol veio no minuto final através de Eric na cobrança de uma penalidade máxima. No apito final do juiz a torcida azulina explodiu e fez um verdadeiro carnaval. Era a festa dos campeões do sesquicentenário.

Detalhes técnicos.
Data: 13. 02. 1965
Local: Pajuçara
CSA 3 x Capelense 0
Gols de Tonho Lima. Arcanjo. Eric
Juiz: Sebastião Rufino (pernambucano)
CSA: Elias. Chico. Bibiu. Zé Cláudio e Flávio. Roberto Mendes e Eric.
Ratinho. Arcanjo. Tonho Lima e Canhoteiro
Capelense: Capitão. Paulo (Bodega). Lula. Janancy e Massangana. Tesourinha e Jório. Bernadino. Corino. Carol e Wailton

Classificação final do Campeonato alagoano de 1965

 1ª DIVISÃO – 1965JVEDGPGCPG
01ºCSA18130302572029
02ºCAPELENSE18090108322719
03ºCRB16090403371822
04ºASA15050406181914
05ºGUARANY17060209355214
06ºESTIVADORES13050008152710
07ºALTO CAMARAGIBE11000011083900

CSA 1965

Time do CSA que venceu o Capelense
Em pé: Chico. Bibiu. Zé Cláudio. Roberto Mendes. Elias e Flávio.
Agachados: Canhoteiro. Eric. Tonho Lima. Arcanjo e Ratinho


CLUBE SPORTIVO CAPELENSE 2008 - 2013 PRODUZIDO POR CARLOS ANDRÉ